Fatores preditivos de participação em uma intervenção psicológica intensiva para pessoas em sobrepeso e obesidade

Igor da Rosa Finger, Margareth da Silva Oliveira

Resumo


A taxa de abandono das intervenções para a redução de peso continua muito elevada. Objetiva-se nesse estudo avaliar que fatores podem predizer a participação de pessoas com sobrepeso e obesidade em um programa psicossocial intensivo, de um dia, de 8h de duração, que compara uma intervenção baseada na Terapia de Aceitação e Compromisso com uma intervenção psicoeducativa. Método: Estudo quantitativo transversal em que 82 pessoas (77 delas, mulheres) com IMC a partir de 25 e idade entre 18 e 60 anos responderam ao recrutamento e confirmaram a participação. Os instrumentos foram: DES, AAQ – II, AAQ-W, VLQ, CFQ – 7, CFQ-BI, MEQ, ECAP, DASS-21, questionário sociodemográfico, peso e IMC. Regressão logística binária multivariada foi realizada para a análise dos dados. Resultados: comportamento relacionados à dieta e atividade física, flexibilidade psicológica e, mais específico, o processo psicológico de fusão cognitiva apresentaram algum grau de predição à adesão.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 1981-1330

DOI 10.29327/226091