Reflexões de uma experiência de oficina terapêutica infantil no CAPSIA: os Sonhadores

Jéssica Brandt, Fernanda Bender, Ana Luisa Teixeira de Menezes

Resumo


Este trabalho busca apresentar contribuições a partir das reflexões oriundas da experiência interdisciplinar que integrou o estágio do Curso de Psicologia e o projeto de extensão PET – Saúde1 da área da Fisioterapia da Universidade de Santa Cruz do Sul, no Centro de Atenção Psicossocial da Infância e Adolescência de Santa Cruz do Sul. Este local atende crianças e adolescentes em situações de transtornos e sofrimentos psíquicos. O presente trabalho tem como objetivo apresentar, a partir de um caso, os resultados possíveis através do uso dos sonhos segundo a visão da Teoria Analítica Junguiana como um instrumento para o trabalho em oficinas. Neste sentido, o método se revelou muito positivo, pois percebemos grandes avanços no paciente, já que demonstrou melhoras tanto nas suas relações sociais como também pessoais. Desta forma, o trabalho com os sonhos se mostra como ferramenta riquíssima para intervenção terapêutica no processo de oficina, já que auxilia na busca de saúde psicossocial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 1981-1330

DOI 10.29327/226091