A influência da raiva e da empatia sobre a satisfação conjugal

Camila Morais Ribeiro, Vanessa Dordron de Pinho, Eliane Mary de Oliveira Falcone

Resumo


O estudo avaliou a influência da raiva e da expressão de empatia no casamento sobre a satisfação conjugal. Participaram da pesquisa 120 pessoas casadas, com idades de 25 a 76 anos. Para avaliação foram utilizados três instrumentos de autoinforme: Questionário de Empatia Conjugal; Escala de Satisfação Conjugal e Inventário de Expressão de Raiva como Estado e Traço.Os resultados revelaram que houve correlação positiva entre empatia conjugal e satisfação conjugal (r = 0,48; p < 0,001), enquanto a raiva manteve correlação negativa com a satisfação conjugal (r = -0,30; p < 0,01). As análises de regressão múltipla indicaram que a expressão de empatia aumenta e a raiva disfuncional diminui a satisfação conjugal. Verificou-se também a influência das variáveis idade, sexo, tempo de casamento e número de filhos sobre a satisfação no casamento. Conforme os principais resultados, conclui-se que a empatia e a raiva são fatores que influenciam a satisfação conjugal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 1981-1330

DOI 10.29327/226091