Ensino de Ciências através de Tecnologias de Informação e Comunicação: utilizando uma sequência didática eletrônica e um ambiente virtual de aprendizagem

Paulo Tadeu Campos Lopes, Caroline Medeiros Martins de Almeida, Roberta Dall Agnese da Costa

Resumo


As Tecnologias de Informação e Comunicação – TIC podem constituir um elemento valorizador das práticas pedagógicas, já que acrescentam, em termos de acesso à informação, flexibilidade, diversidade de suportes no seu tratamento e apresentação, além de possibilitarem o desenvolvimento acelerado do conhecimento na atualidade. Pensando em auxiliar na promoção da aprendizagem nas aulas de Ciências no Ensino Fundamental, o presente trabalho teve como objetivos avaliar a eficácia de uma sequência didática eletrônica na plataforma SIENA na construção do conhecimento sobre Ecologia em uma turma do 6° ano e a criação e avaliação de um Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA em uma turma do 9° ano, a partir das percepções dos alunos. Para a elaboração do instrumento de pesquisa na plataforma SIENA foram realizadas as seguintes etapas: a elaboração de um mapa conceitual do conteúdo a ser desenvolvido; a construção de um grafo com os conceitos de Ecologia; a criação de um material de estudo; a ordenação dos conteúdos na sequência lógica de apresentação; para cada conceito do grafo foram criadas trinta perguntas de múltipla escolha. Para a sequência didática eletrônica, foram inseridos na plataforma SIENA o grafo com os conteúdos de Ecologia e o banco de questões para os testes adaptativos. O grafo foi composto por três nodos: Conceitos Básicos de Ecologia, Relações Ecológicas e Cadeia Alimentar. Para avaliação da aprendizagem, foram aplicados pré-teste, após a exposição dialogada da matéria, e pós-teste, após a realização da sequência didática eletrônica, ambos contemplando os conteúdos estudados. Para comparação entre os valores do pré e pós-teste, utilizou-se o teste t de Student para amostras pareadas e o teste Não paramétrico de Wilcoxon. As diferenças foram consideradas significativas quando p < 0,05. A análise estatística dos dados foi feita no software SPSS versão 10.1. O AVA foi adaptado da plataforma de criação e edição de sites online Wix.com, sendo seu conteúdo separado em cinco abas, a última abrigando o instrumento de coleta de dados, sobre a percepção dos alunos em relação ao AVA. Os dados obtidos foram avaliados com base na Análise de Conteúdo, como proposta por Bardin (2011). Através do teste t de Student verificou-se que houve diferença significativa entre os testes, observando-se um aumento significativo no número de acertos no pós-teste, o mesmo acontecendo no teste Não paramétrico de Wilcoxon. Em relação ao AVA, através da análise de conteúdo, as respostas dos alunos evidenciaram o seu caráter qualificador para o ensino. Conclui-se que a sequência didática eletrônica e o AVA são ferramentas tecnológicas que, de alguma maneira, contribuíram para o ensino de Ciências.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Paulo Tadeu Campos Lopes, Caroline Medeiros Martins de Almeida, Roberta Dall Agnese da Costa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ANÚNCIOS

Chamada de Artigos: Ensino de Ciências Básicas e Matemática

Editores
Gabriel Loureiro de Lima (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil)
Marilia Rios de Paula (Associação Dom Bosco – Faculdade de Engenharia de Resende, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Ensino de Ciências Básicas e Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: ampliado até 6 de junho de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Dezembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Chamada de Artigos: Geometria e Educação Matemática

Editores
Maria Célia Leme da Silva (Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, Brasil)
Thiago Pedro Pinto (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Geometria e Educação Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: 30 de abril de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Novembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Conceito A1 na Capes(2019)

Índice h5 do Google Scholar: 13
Índice mediana h5 do Google Scholar:24

eISSN: 2178-7727

Indexações:

A Acta Scientiae é indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.