As Dificuldades Docentes em Desenvolver Práticas Interdisciplinares no Ensino de Ciências e Matemática

Diego Machado Ozelame, João Bernardes da Rocha Filho

Resumo


Este artigo tem como objetivo expor a análise da percepção de um grupo de professores ingressantes em um programa de pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática a respeito de práticas interdisciplinares em suas aulas. A investigação consistiu em identificar as concepções dos entrevistados a partir da questão: Quais as principais dificuldades que você identifica ao desenvolver um ensino de Ciências e Matemática com características interdisciplinares? As narrativas foram tratadas por meio da Análise Textual Discursiva - ATD (MORAES; GALIAZZI, 2011). Das subcategorias que emergiram, três foram escolhidas para análise: Resistência para inserção de práticas interdisciplinares, Falta de tempo para realização de práticas interdisciplinares e Dificuldades em trabalhar coletivamente. Por meio deste estudo, podemos observar que as atitudes idealizadas pelos docentes sobre a falta de tempo e dificuldade em trabalhar coletivamente, surgem como uma resistência diante da mudança, priorizando uma didática convencional baseada no empirismo, no racionalismo, na competição e na disciplinarização. Observamos também, que os entrevistados possuem consciência da importância de ações interdisciplinares no ensino de Ciências e Matemática, contudo, permanece uma atitude distanciada e acomodada, correndo o risco da interdisciplinaridade se tornar apenas uma utopia.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Diego Machado Ozelame, João Bernardes da Rocha Filho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ANÚNCIOS

Chamada de Artigos: Ensino de Ciências Básicas e Matemática

Editores
Gabriel Loureiro de Lima (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil)
Marilia Rios de Paula (Associação Dom Bosco – Faculdade de Engenharia de Resende, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Ensino de Ciências Básicas e Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: ampliado até 6 de junho de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Dezembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Chamada de Artigos: Geometria e Educação Matemática

Editores
Maria Célia Leme da Silva (Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, Brasil)
Thiago Pedro Pinto (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Geometria e Educação Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: 30 de abril de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Novembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Conceito A1 na Capes(2019)

Índice h5 do Google Scholar: 13
Índice mediana h5 do Google Scholar:24

eISSN: 2178-7727

Indexações:

A Acta Scientiae é indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.