Sequências Didáticas Eletrônicas no Ensino do Corpo Humano: comparando o rendimento do ensino tradicional com o ensino utilizando ferramentas tecnológicas

Caroline Medeiros Martins de Almeida, Letícia Azambuja Lopes, Paulo Tadeu Campos Lopes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi desenvolver, aplicar, avaliar e comparar o rendimento, a frequência e a opinião dos alunos do 8° ano do Ensino Fundamental, sobre sequências didáticas realizadas de forma tradicional, com sequências didáticas utilizando as Tecnologias Digitais com o conteúdo dos sistemas do corpo humano nas aulas de Ciências, através da aplicação de provas, trabalhos e questionários. A população de estudo foi representada por 15 alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental de uma Escola Municipal em Sapucaia do Sul, Brasil. O estudo foi realizado durante todo o ano letivo de 2014. As sequências didáticas tradicionais foram elaboradas para serem aplicadas utilizando o quadro negro, livros didáticos e cópias xerocadas e as sequências didáticas eletrônicas foram elaboradas para serem aplicadas utilizando tablets, aplicativos e internet.  A partir da comparação dos resultados das médias das notas e da frequência dos alunos durante os três trimestres, verificamos que a utilização das sequências didáticas eletrônicas facilitou os processos de ensino e aprendizagem nas aulas de Ciências.

 


Palavras-chave


Tecnologias Digitais; Tablets; Ensino de Ciências; Aprendizagem Significativa; Sequências Didáticas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Caroline Medeiros Martins de Almeida, Letícia Azambuja Lopes, Paulo Tadeu Campos Lopes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ANÚNCIOS

Chamada de Artigos: Ensino de Ciências Básicas e Matemática

Editores
Gabriel Loureiro de Lima (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil)
Marilia Rios de Paula (Associação Dom Bosco – Faculdade de Engenharia de Resende, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Ensino de Ciências Básicas e Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: ampliado até 6 de junho de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Dezembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Chamada de Artigos: Geometria e Educação Matemática

Editores
Maria Célia Leme da Silva (Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, Brasil)
Thiago Pedro Pinto (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Geometria e Educação Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: 30 de abril de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Novembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Conceito A1 na Capes(2019)

Índice h5 do Google Scholar: 13
Índice mediana h5 do Google Scholar:24

eISSN: 2178-7727

Indexações:

A Acta Scientiae é indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.