Genética Microbiana na Percepção de Estudantes do Ensino Médio

Luiz Sodré-Neto, Maria Valnice Medeiros Costa

Resumo


A fragmentação e compactação do ensino muitas vezes distanciam os conteúdos da realidade do estudante. O ensino de biologia mais especificamente, caracteriza-se como sendo de difícil compreensão em virtude da sua natureza, principalmente quando a abordagem chega ao nível molecular. Levando em consideração a importância e proximidade da genética microbiana com o cotidiano dos estudantes, o presente artigo objetivou identificar e discutir a percepção dos estudantes da 3ª série do Ensino Médio de Escolas Públicas em três municípios do interior paraibano, diante do tema genética microbiana, tomando como base os conhecimentos pré-existentes sobre o assunto. Para tanto, aplicaram-se questionários semiestruturados com uma abordagem simplificada e contextualizada para o público-alvo. De forma geral, a análise de dados permitiu identificar contradições e incertezas com relação ao vinculo que há entre os microrganismos, a genética, a indústria e, consequentemente, o bem-estar social, o que sustenta a ideia de que os estudantes não conseguem correlacionar facilmente os conteúdos ministrados em sala de aula com as suas vivências diárias.


Palavras-chave


Ensino de biologia, conhecimentos prévios; pseudoaprendizagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Luiz Sodré-Neto, Maria Valnice Medeiros Costa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexações:

A Acta Scientiaeé indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.