Tecnologias Assistivas e Educação Matemática: um Estudo Envolvendo Alunos com Deficiência Visual no AEE

Maria Adelina Raupp Sganzerla, Marlise Geller

Resumo


O presente artigo, recorte de uma Tese de Doutorado em andamento, busca refletir sobre as potencialidades do uso de Tecnologias Assistivas (TA) no ensino de Matemática, inseridas no Atendimento Educacional Especializado em uma escola-polo de deficiência visual. Para tanto, resgata-se as Leis e Diretrizes da implementação de Salas de Recursos, bem como as TA disponíveis que auxiliam na prática pedagógica dos professores no ensino de conceitos matemáticos. Com os resultados da pesquisa, pode-se inferir que a utilização de TA no processo de aquisição de conceitos matemáticos de alunos com deficiência visual é crucial para a (re)construção de seus conhecimentos.


Palavras-chave


Tecnologias Assistivas; Educação Matemática; Atendimento Educacional Especializado; Deficiência Visual; Inclusão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/acta.scientiae.v20iss1id3573

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Maria Adelina Raupp Sganzerla, Marlise Geller

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexações:

A Acta Scientiaeé indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.