De olho na fonte: trilha interpretativa para conservação das nascentes

Layana Alves de Morais, Ivaneide Alves Soares da Costa

Resumo


O presente trabalho objetivou avaliar a contribuição de uma trilha interpretativa como ferramenta de educação ambiental e científica visando contribuir com a conservação de nascentes e construção de uma cidadania responsável. A trilha foi realizada na nascente do rio Maxaranguape, município de Pureza-RN, envolvendo 62 alunos, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Henrique de Oliveira Fagundes, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Quatro pontos foram escolhidos na trilha, sendo relacionados temas como o ciclo da água, importância da vegetação para as nascentes, doenças de veiculação hídrica, poluição e preservação. A coleta de dados e instrumentos utilizados na pesquisa foram desenhos e entrevistas e, a partir da sua análise, antes e após a trilha, foi possível identificar uma importante contribuição da realização da trilha para a sensibilização ambiental dos alunos com relação à preservação das nascentes dos rios. Após a trilha, detectou-se nas produções de desenhos dos alunos mais elementos paisagísticos e maior relação homem e natureza, assim como nas entrevistas, a presença de um discurso mais coerente e mais sensibilidade ao meio ambiente. Com isso, acredita-se que a trilha interpretativa em um ambiental natural, como uma nascente, apresenta um potencial didático significativo para o ensino de ciências e incentiva ao exercício da cidadania consciente.


Palavras-chave


Educação ambiental; Espaços não formais de ensino; Água; Pureza-RN

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/acta.scientiae.v20iss5id3803

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Layana Alves de Morais, Ivaneide Alves Soares da Costa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ANÚNCIOS

Chamada de Artigos: Ensino de Ciências Básicas e Matemática

Editores
Gabriel Loureiro de Lima (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil)
Marilia Rios de Paula (Associação Dom Bosco – Faculdade de Engenharia de Resende, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Ensino de Ciências Básicas e Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: ampliado até 6 de junho de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Dezembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Chamada de Artigos: Geometria e Educação Matemática

Editores
Maria Célia Leme da Silva (Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, Brasil)
Thiago Pedro Pinto (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, Brasil)

Envie seu artigo para a Revista Acta Scientiae com as seguintes características gerais e cronograma:

  • Menção clara de submissão à Edição Especial sobre 'Geometria e Educação Matemática'
  • Prazo para envio do manuscrito: 30 de abril de 2022
  • Idioma: Os artigos são aceitos em português, espanhol ou inglês, mas, caso sejam aceitos, também será necessária uma versão em inglês para publicação conjunta
  • Data de Publicação: Novembro de 2022 Edição Especial (Vol. 24)

Mais informações, incluindo instruções para os autores e informações sobre assinaturas, podem ser encontradas aqui.

 

Conceito A1 na Capes(2019)

Índice h5 do Google Scholar: 13
Índice mediana h5 do Google Scholar:24

eISSN: 2178-7727

Indexações:

A Acta Scientiae é indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.