História Recorrente e o Caráter Provisório da Ciência no Ensino da Natureza da Luz

Patrícia Ferreira de Souza, Paulo Celso Ferrari, José Rildo de Oliveira Queiroz

Resumo


Neste trabalho analisamos as contribuições epistemológicas de uma abordagem histórica da natureza da Luz fazendo uso da concepção de História Recorrente de Bachelard. Nosso objetivo foi verificar se os alunos de uma disciplina eletiva perceberam que a ciência está em permanente reconstrução e que, desse modo, não existem verdades definitivas.  Para tanto, recorremos a dois questionários e a notas de campo, cujos resultados foram analisados por análise de conteúdo. Consideramos que a disciplina contribuiu para a compreensão da permanente incompletude da Ciência e do caráter humano de sua produção, porém, alguns debates sobre a natureza da luz que evidenciam os erros retificados não foram mencionados pelos participantes e o conceito contemporâneo de dualidade da luz foi parcialmente compreendido.

Palavras-chave


Ensino de física; História da ciência; Epistemologia de Bachelard

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/acta.scientiae.v20iss4id4096

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Patrícia Ferreira de Souza, Paulo Celso Ferrari, José Rildo de Oliveira Queiroz

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexações:

A Acta Scientiaeé indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.