Theories as intellectual resources in mathematics education researches / Teorias como recursos intelectuais na pesquisa em educação matemática

Stephen Lerman

Resumo


The field of mathematics education research has seen a proliferation of theoreticalframeworks and perspective being adopted by researchers. There are concerns that thisphenomenon might be detrimental to progress in developing findings that can improve practiceand therefore the learning experience of students in schools. In this paper I sketch a criticalhistory of the development of that range of theories and discuss its effects. I argue thatproliferation is not bad for the field; on the contrary it is unsurprising and of benefit to researchin mathematics education.

O campo da pesquisa em educação matemática tem visto uma proliferação dos quadrosteóricos, assim como das perspectivas que estão sendo adotadas pelos investigadores. Há preocupaçõesque este fenômeno possa ser prejudicial para o progresso do desenvolvimento deresultados que podem melhorar a prática e, por conseguinte, a experiência de aprendizagemdos alunos nas escolas. Neste artigo eu esboço uma história crítica do desenvolvimento dessavariedade de teorias e discuto os seus efeitos. Defendo que a proliferação não é ruim para ocampo; pelo contrário, ela não é uma ameaça e traz benefícios para a investigação em educaçãomatemática.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 Stephen Lerman

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexações:

A Acta Scientiaeé indexada em:
Scopus logoScopusLatindex logoLatindexedubaseEdubase (SBU/UNICAMP)
Sumarios.org logoSumarios.orgGoogle Scholar logoGoogle ScholarPortal Livre (CNEM) logoPortal LivRe (CNEM)
Journals for Free logoJournals for FreeREDIB logoREDIBGaloá DOIGaloá DOI

Creative Commons License
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.