A LEITURA DA LITERATURA NA EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: ENTRE O DIREITO E O DEVER

Maria de Lourdes da Trindade Dionísio

Resumo


A Declaração Europeia dos Direitos à Literacia inclui a leitura por prazer como um dos direitos dos cidadãos, sustentando-se nas avaliações internacionais de leitura que usam a leitura por prazer e literária também como indicador de proficiência. Neste sentido, tomamos, neste texto, o currículo português de Cursos de Educação e Formação de Jovens, como lugar de indagação do lugar da leitura literária na educação de jovens que viram a sua vida escolar reorientada dadas as suas trajetórias escolares de insucesso. Apesar do espaço concedido à leitura recreativa e resposta do leitor à obra literária, esta modalidade de leitura ocorre num quadro de dever e formatação dificilmente consonante com a formação de leitores assíduos e autónomos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.