ENTRE O DITO E O NÃO DITO: A MORTE NA LITERATURA INFANTO-JUVENIL

Fernando Seffner, Marcus Vinicius Mayer Pereira

Resumo


Conversar ou ler sobre a morte é algo raro em nossa sociedade. Na escola ainda menos. Porém, a curiosidade e as perguntas sobre a finitude adentram as fronteiras da sala de aula. Neste caminho, as obras literárias encontram espaço. Defende-se aqui a importância de sua leitura no espaço escolar, pois elas propiciam a chamada educação em temas sensíveis, ou questões socialmente vivas, e podem auxiliar a formar bons leitores. Analisam-se alguns livros infanto-juvenis que tratam da temática, e estabelecem-se relações possíveis entre seu conteúdo e a própria seleção das obras. Indicam-se tópicos que, a partir da leitura das obras, são atuais, insistindo em seu potencial de abordar temas sensíveis, tarefa escolar cada vez mais urgente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.